Anúncios

BOB MARLEY

Quem foi? Qual sua obra?

                Foi um compositor jamaicano, nascido em 1945, conhecido por imortalizar o gênero musical reggae, o mais consagrado no gênero de todos os tempos. Sua música foi fortemente influenciada pelas questões sociais e políticas de seu país natal. A África e suas mazelas também foram temáticas em suas músicas. O primeiro e maior astro musical do Terceiro Mundo. Suas frases e pensamentos são muito difundidas ainda hoje, inspirando inúmeros movimentos sociais.
                Através de sua obra foi o ícone divulgador do Rastafári, uma religião dita “messiânica”, em que o seu messias teria sido o imperador etíope Haile Salassie, a encarnação viva de Jeová. Uma mistura de dogmáticas cristãs e judaicas. Foi muito difundida pelo uso da maconha como uma erva sagrada; inclusive, o próprio Bob Marley foi um dos grandes defensores do uso da “sagrada erva”. Através da sua música, Marley levou a popularidade as idéias rastafári de paz, irmandade, igualdade social, liberdade, resistência e amor universal ao mundo.
                Até aí tudo bem, compartilhar suas idéias de cunho social, curtir suas frases eternizadas; não vejo nenhum problema. A coisa começa a "esquentar" quando o referido artista se torna um divulgador de uma religião (seita) que centraliza seu culto e devoção em um homem comum, que não tem nada de divino, nada mais que qualquer um de nós.
                Ainda insisto que não tenho nenhum problema com a tal religião, visto que existem tantas seitas pelo mundo afora, meu artigo nem entra no mérito da questão. O meu alvo é outro.
               
                Não sei se você é uma pessoa observadora ou não, mas comigo acontece o seguinte: para onde dirigir o meu olhar vejo alguns adolescentes usando a tal e bem popular “pulseira do reggae”, uma fitinha tricolor (vermelho/amarelo/verde). Entre estes usuários estão em grande quantidade os filhos daqueles que se dizem “crentes” ou de maneira geral “cristãos”. Aí chego ao meu alvo.
                Quando uma pessoa apenas dá difusão a uma idéia, simpatizando-se com ela, não assume compromisso com o seu autor; mas a partir do momento que ela utiliza um símbolo, algo apalpável como uma pulseira, corrente, camiseta, tatuagem... etc, ela assume uma responsabilidade como parte do ideal. Ela declara para o mundo que acredita, compartilha  e defende a idéia ou a fé em questão.
                Olhando por este prisma, eu convoco pais, principalmente pastores, obreiros e obreiras da Seara do Mestre Jesus (Yeshua), que possam ter discernimento de que tipo de ideal os seus filhos estão partilhando com o mundo. Quando um jovem exibe deliberadamente a tal pulseirinha do reggae ele está zombando do sacrifício do nosso Salvador Yeshua; e digo mais, eles a estão utilizando dentro das igrejas, no púlpito, logo, portanto, este jovem está zombando da própria Igreja, fazendo apologia a um falso profeta e à utilização de uma droga, a maconha.
               
                Você achava lindo seu filho adolescente com esta pulseira não é? Você nem tinha noção do significado, verdade ou mentira? Me reservo a não dar julgamento a estes jovens, que estão em processo de conhecer o mundo e suas artimanhas, que são levados aos modismos sem ter a ambição de buscar conhecer a origem de cada coisa, mas chamo a atenção de seus pais, que devem estar ligados em tudo, vigilantes pelo seu lar. A astúcia do inferno sempre esteve em confundir, desestabilizar e desviar o ser humano do alvo (roubar, matar e destruir).

                As Sagradas Letras nos exortam a fugir da aparência do mal; veja que não é fugir do mal fatídico, pecado consumado, apenas da sua aparência. O Eterno desde sempre soube que é a aparência que confunde a mente, embriaga a visão e abre caminho para o mal de fato. São pequenas sutilezas quase imperceptíveis que o diabo se faz utilizar para minar e destruir as nossas vidas.

                Fique esperto, a estratégia do inimigo mudou, ele não mais prega a inexistência de Deus, até assume a existência de um Deus Bom, mas difundi uma idéia de que o diabo não é tão mau quanto se diz que é. Confundir a mente do simples, essa é a ordem.

                               Fique na Paz.


Alan Chiamenti Machado
Autorizada reprodução, mediante
a citação da fonte www.alchimac.com.



Veja algumas imagens adicionais:





Apologia ao uso da Maconha.
Imagem difundida na internet.  




Apologia ao uso da Maconha.
Imagem difundida na internet.  






  

A Paz do Reggae.
Cruz de Nero, prega a Paz sem Cristo.
Imagem difundida na internet.

59 comentários:

  1. Li e pasmei....pois até então sempre gostei do ritmo lento da música.
    Minha mãe já dissia q o inimigo vem com "sapatinho de algodão"...p/ q ñ notemos sua aproximação...
    Abrs.

    ResponderExcluir
  2. É tem pais que acham lindo os filhos andarem na modinha, não discernindo nada, abram o olho porque tem muitas coisas ruins por aí. Pais evangélicos muito cuidado. Os artigos do Alan abre os olhos de muita gente que não se liga em nada.

    ResponderExcluir
  3. È Alam infelizmente, temos que conviver com essas coisas, sou membro da AD a 42 anos e confesso que nunca vi tanta aberração em nome da conservação de dogmas e preceitos totalmente antagônicos a mensagem do Senhor Jesus Cristo. Me reservo ao direto como tal, de inquirir, o que pensam realmente as lideranças em relação a isso? Jesus VOLTARÁ e com certeza não terá o culpado por inocente. Mas, oremos ao Senhor por sua graça e misericórdia, abs.

    ResponderExcluir
  4. Oremos pelos lares cristãos, que o Diabo não os venha destruir.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns, por fazer a cabeça de muitos... A pulseira (VERMELHA,AMARELA,VERDE) significa nada além de que a pessoa gosta de reggae, e apologia a maconha é outra coisa, como o simbolo da erva, então não jugue sem conhecer o assunto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amigo pelo seu comentário, fico feliz que tenha lido o artigo, e também feliz que não concordes com meu ponto de vista, pois é assim que encontramos verdade mais profundas, quando somos desafiados a aprofundar nossa perícia no assunto em questão.

      Excluir
  6. hauhauhauahua o diabo é o sistema capitalista, que só quer fazer vc consumir, consumir e consumir, papel moeda isso sim é o capeta!!! Bob Marley assim como muitos pregava a paz, o amor, o respeito e a luta do oprimido desse sistema. Ele fumava uma erva, uma planta que pode nascer em terra fértil. E vcs???? acham que a bebida, os hormonios nas carnes que comem, na bebida, no refrigerante, tudo quimica!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Juliana por seu comentário. A questão abordada não envolve questões políticas e nem a crítica à temática musical abordada. O artigo gira em torno de uma questão ideológica e não alcança todos os públicos.

      Excluir
    2. Eu sou crente e tambem sou um grande fã do bob marley nao gostei de muitas opinioes falando mal do bob marley e do reggae

      Excluir
    3. Bem amigo. Você pode ser crente, mas ainda te falta aceitar a Jesus como único e suficiente salvador de sua alma, tenho certeza que sua opinião será diferente.

      Excluir
    4. ta eu aceitei jesus como o unico salvador mais isso nao significa que nao posso usar uma pulserinha . voces tem que colocar uma coisa na cabeça oque importa é o amor que voce sente por jesus e seu pai e nao por coisas que voces deixam de comer ou objetos que voces deixam de usar. eu acredito na opiniao do bob marley pois ele luta por direitos iguais e etc.. entao nao significa apologia a algo e sim que muitos estao com medo e querem calar a boca dele (Y)

      Excluir
    5. Isso ai andre morais, esse "lideres" religiosos, que nada mais são que pequenos ditadores impregnados na nossa sociedade, tem medo que pessoas livres da ditadura deles possam escancarar as verdades, ou melhor, as mentiras e distorções que eles pregam como verdade. Só pregam o preconceito e a reclusão na vida dos jovens. Feliz será o mundo livre das igrejas e dos falsos profetas/pastores que usam dela pra enriquecer e destruir a vida dos jovens.

      Excluir
  7. Olá alan, queria saber oque você acha sobre as pessoas usarem tornozeleiras dizem que è algo do mal è tal mais oque você acha e porque ?

    ResponderExcluir
  8. O rastafári é sim uma religião, e como cada religião têm preceitos, conceitos e crenças. Porém, nem todas as pessoas que gostam de reggae, e seu ritmo, aderem essa religião. Achei também esse seu artigo etnocêntrico, pelo simples fato de está desvalorizando uma religião ou crença, pondo a sua como superior à outras. Já que você se acha tão sábio, deveria saber discernir o assunto abordado sem a desvalorização da outra cultura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo Anônimo. Se observares, o artigo tem um público alvo, e portanto, serve para tolir um grupo de pessoas em específico, e como já repeti, não tem como objetivo agradar a todos os leitores. Obviamente uma pessoa que curte o reggae não vai se simpatizar com o artigo, nem é este o objeto aqui. Mas obrigado pelo seu comentário.

      Excluir
  9. Ainda bem que eu antes de usar, fui procurar o significado. Agora eu não vou mais usar!!!

    ResponderExcluir
  10. Muito bem abordado o assunto, para mim sempre me faltava algo em que me apoiar sobre o assunto, nunca gostei deste reggae e na minha casa nunca foi ouvido e quanto as tais fitinhas , toucas e outros acessórios rastafári é horrível de mau gosto. E como minha mãe dizia: me diga com quem andas que direi quem és.(cabe aqui também).Abraços

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pelo belo artigo.

    ResponderExcluir
  12. Nossa eu usava essa pulseira eu gostava muito dela só que eu li isso e eu fiquei com muito medo e eu sou cristã e muito obrigada por abrir meu olho . bjs

    ResponderExcluir
  13. Oh, quanta hipocrisia.
    Não esqueças de que és humano. Toda e qualquer pessoa que julga os outros e tenta parecer ser muito certo, sempre tem alguma coisa pra esconder. Queria deixar só um versículo que tirei do próprio blog.
    VERSÍCULO DO DIA
    "O que encobre o ódio tem lábios falsos, e o que divulga má fama é um insensato." Provérbios 10:18

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro amigo, falas de julgamento mas as tuas próprias palavras são condenatórias e hostis. Abençoei algumas pessoas com este artigo, portanto me sinto bem sucedido no que escrevi e tuas palavra não me causam efeito. De qualquer forma obrigado por ter lido.

      Excluir
    2. Abençoou pessoas espalhando a falta de informação e o terrorismo em relação a um assunto que não tem o mínimo de conhecimento! É muito triste ver esse tipo de intolerância nos dias de hoje onde um ser desprovido de divindade vem a publico julgar as atitudes e ideais de outros! Se for para ir pro céu passando por cima de outras pessoas prefiro ficar na terra mesmo!

      Excluir
    3. Amigo, se não compartilhas da mesma fé comigo, então você não tens o direito de se referir como "terrorismo". Vais precisar rodar muito pelas carteira universitárias para me ensinar alguma coisa... Passar bem!

      Excluir
  14. Achei ótimo o artigo! Pq precisamos entender uma coisa, as cores da Jamaica têm seu significado histórico como qq outra. Já o ritmo do ragge e sua letra criado por um homem com o objetivo de tentar transmitir paz ao povo oprimido, isso é bom, creio que todo dom é dado por Deus a qualquer homem. Mas o fato de surgir um movimento religioso chamado Rastafari, com princi
    princípios totalmente distorcidos, á respeito da pessoa de Cristo, certamente prova ser uma seita! Pois quêm é cristão de verdade conhece
    os evangelhos. É só ler os primeiros capitulos do livro de Lucas, Mateus e João que é claro toda a obra de Jesus na sua primeira vinda e tudo
    o o que acontecerá na sua segunda vinda! E sobre os falsos profétas que surgiriam! À respeito de usar algo com as cores da bandeira da Jamaica, simples, peça direção ao Espirito Santo, certamente eLe falará ao teu coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo essas cores são da bandeira da Etiópia e não da Jamaica isso é geografia! Já pela questão religiosa não tem a ver com as cores pois essas cores representam a luta de um país para não se tornar colônia europeia! Foram adotadas sim pelo movimento rastafári assim como pelo movimento pan-africanista e isso se chama história. Eu acredito em Deus tenho Jesus como único messias e mesmo assim uso essas cores porque sei o que elas significam diferente de você e do senhor Alan que fez a publicação! Vamos estudar um pouco gente não faz mal pra ninguém!

      Excluir
    2. Agradeço a colaboração do amigo Reggae Pesado. Passar bem!

      Excluir
  15. Caraca.... eu ganhei uma pulseira ontem... to usando ela aki agora.. nunca parei pra pensar nos significados.... e hoje eu fui investigar... o fato que isso mecheu muito comigo, mais eu não posse desfazer de um presente... por mais que ele tenha esse significado... cara acho tudo isso mt complexo num eh pq eu estou usando essa pulseira que eu fumo maconha que eu estou negando a Jesus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ok meu amigo, fica tranquilo. Contra a sua consciência não há forças e nem persuasão. Fica em Paz.

      Excluir
    2. Amigo essas cores representam a bandeira da Etiópia único país que não se tornou colônia europeia na África! Posteriormente se tornaram as cores dos países livres da África e de movimentos com o movimento pan-africano e rastafári mas não quer dizer que está adorando um Deus pagão por usar essas cores e sim que gosta de um ritmo musical que sempre teve a intenção de alertar as pessoas sobre a hipocrisia, corrupção e falta de amor ao próximo se não quiser usar a sua pulseira ou o que for com essas cores vai ser por opção pessoal e não por uma opinião baseada em argumentos vazios e sem fundamento nenhum! Eu posso falar sobre o assunto porque o conheço! Já o amigo Alan ouviu falar, copiou e colou algum texto que era do seu interesse pessoal, ele não tem conhecimento de causa nem para argumentar comigo sobre tal assunto!

      Excluir
    3. Agradeço a colaboração do amigo Reggae Pesado. Você defende a sua bandeira e está no direito de faze-lo. Passar bem!

      Excluir
  16. Sou crente e gosto do Bob Marley sim algum problema?? Essa historia de "aceitar" Jesus não tem nada ver, não fale o que você não sabe prfv. Para começo quem tem q aceitar eh vc, q acha q so pq uso uma pulseirinha boba vo deixar de crer em Jesus, ele está no meu coração e não nos infeites que alguem inventa so pra ganhar dinheiro, e outra, o que uma pulseira tem a ver com maconha ou canabis, enfim, o fato eh, quem usa a maconha, está usando uma erva que vicia e só, tipo "nossa to usando maconha vo te q comprar uma daquelas pulseiras do reggae" meeew nao existe isso, quem lhe falou isso está mt errado e não tem conhecimento, conheço mts cantores de reggae q falam de Deus, usam a pulseira e NAAO usam maconha. Entao prfvr neh, quem usa faz apologia ao reggae, que eh um OTIMO estilo musical, e só, nao faz apologia a "outro deus" Bob Marley foi um cantor e não um Deus. Pesquise direito antes de poluir com mentiras a mente dos pais dos adolecentes ae.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela leitura amigo. Aprecio o seu ponto de vista e uso do seu direito de expressa-lo. Passar bem.

      Excluir
  17. http://www.reggaedovale.com.br/2014/07/o-verdadeiro-significado-das-cores-do-reggae.html?m=1 . Pesso que leiam esse artigo apenas para complementar o artigo ai de cima. Não pessam a seus filhos que joguem fora essa pulseira apenas porque esse cara fica falando mal dela, li o texto e percebi que ele só fala mal ele não diz o significado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela participação neste artigo. Não menciono o significado das cores porque não é o alvo, nada tenho com as cores. O assunto é o que elas representam e não o que significam. Meu amigo, outrossim, não felo mal de nada e de ninguém, apenas fiz a apresentações de informações (dados) e a explanação de meu ponto de vista. Obrigado e volte sempre.

      Excluir
  18. Total falta de responsabilidade em publicar está matéria, pois isso só mostra uma falta de conhecimento sobre o assunto se baseando no fundamentalismo religioso que não respeita a religião alheia e que vive de falar e dizer que as outras são sempre "seitas" e sempre são as erradas. Mas o que eu quero dizer é que assim como a comunidade Rastafári acredita em Haile Selassie (não todos) que era um homem como qualquer outro, Jesus quando andou na terra também era um homem igual a qualquer outro, inclusive foi crucificado como um criminoso justamente pelos os que não acreditavam que ele era o filho de Deus. E já passando pra o outro assunto que é a ganja (popularmente conhecida por Maconha) faltou acrescentar pela a falta de informação ou total falta de interesse de fazer uma pesquisa básica sobre o assunto e com o objetivo de passar uma visão errada sobre o assunto, posso dizer que não são todos os rastas que fumam maconha e o uso da maconha deveria ser usada pelos os rastas, não para diversão ou prazer, mas sim para limpeza e purificação em rituais controlados. Inclusive muitos sustentam o seu uso exatamente pelo o livro de Génesis 1:29: E“disse Deus: Eis que vos tenho dado todas as ervas que dão semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento.” Mas o que acontece é que as pessoas não entende sobre esse uso e fazem uso banalmente assim como as pessoas de hoje não entende as religiões das outras e passam a criticar-las sem ao menos conhecer e se acham no direito de proliferar ideias deturpadas relacionadas ao movimento rastafári e toda sua simbologia e cultura muito mais antigas do que novas igrejas e doutrinas totalmente preconceituosas que surgem a cada dia no mundo, Já o reggae é um gênero, é uma música que prega muito mais ideias e ideais justas do que propriamente certas religiões. Aqui eu só vejo uma total falta de respeito do blog publicar isso sem ao menos conhecer, sem falar que deveriam por obrigação estudar antes de publicar algo assim, tão sem conhecimento e pre-conceituoso para enganar pessoas que não estão aptas a conhecer e que passarão apenas a proliferar pré-conceitos antes mesmo que se possa entender alguma coisa. Agora o que incomoda mesmo é que existe sempre um incomodo quando alguém critica a religião na qual o senhor dono do blog deve seguir, mas isso não deveria lhe dar direito de falar sem conhecer a religião alheia, e que deveria caber ao respeito, a reflexão e um estudo as demais religiões, outra coisa é falar do uso de uma pulseira e das cores sem ao menos saber o significado. Eu como estudante da filosofia rasta a muito anos e assim como sempre estudo as outras demais religiões, e por ser dono de um portal voltado ao tema, mas que não perde o tempo em criticar religião nenhuma na internet e sim pregar a união de todos os povos, divulgar a cultura e falar a verdade e sempre estudar o assunto antes de publicar, acho vergonhoso quando encontro algo assim pela a internet, até mesmo quando é por acaso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado blogueiro. Agradeço os ataques ao meu artigo, fazes bom uso do direito de expressar seu ponto de vista e a sua bandeira, tal qual eu faço bom uso de meu direito de reflexionar sobre o assunto que melhor me convier. Não faço convites a ninguém para tornarem-se meus seguidores. Mais uma vez obrigado. Passar bem!

      Excluir
  19. não preciso dizer mais nada somente tal ignorância e falta pesquisa leva uma pessoa alienada como Alan falar tanta bobagem simples países onde a maioria e cristão sofrem muito mais com pobreza e onde temos inúmeros casos de enriquecimento ilícito por parte de religiosos uma pessoa sem cultura e sem pesquisar fala qualquer asneira que venha acreditar minha família e evangélica e não concordam com sua forma de ligar um objeto que muitos usam por usar pulseira mais cores não significa nada Alan e sim sua ignorância em falar tanta besteira pulseira e só pulseira religião e fé não se instituem por um objeto e sim pela fé verdadeira no seu coração nessas horas vejo templo de milhões de reais em sp feito pelos evangélicos da igreja universal cadê seus postes sobres os abusos dos pastores e erros da sua religião a já estão criticando a si mesmos para ver quem e melhor e arrecada mais fieis ou melhor mais verba aguardo postes sobre críticas de sua própria religião quem sabe assim você pesquisa a final e sua religião e o que parece

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado. Agradeço os ataques a minha pessoa, fazes bom uso do direito de expressar seu ponto de vista, como eu faço bom uso de meu direito de reflexionar sobre o assunto que melhor me convier. Não faço convites a ninguém para tornar-se seguidor dos meus passos. Mais uma vez obrigado. Passar bem!

      Excluir
  20. ' Eu sei ,e estou certo no Senhor Jesus , qur nenhuma coisa é de si mesma imunda ,a não ser para aquele que a tem por imunda ; para esse é imunda." Romanos 14 :14
    Leiam todo o capitulo e entendam a diferença entre os fracos e os fortes na fé. Fiquem na paz de Cristo.

    ResponderExcluir
  21. O significado sa pulseira do reggae qer dizer: verde-vegetação, amarelo-riqueza mineral, vermelho-sangue, derramado durante a escravidão e o Preto-raça jamaicana, gente é isso qe qer dizer ñ tem nada a ver com o artigo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. puta q pariu vei mineral ? sangue ? procura saber melhor tambem significa paz amor e virtude em seus mais derivados sinonimos

      Excluir
  22. Acho realmente qe essas pulseiras não tem nada haver com (maconha) mas as cores da jamaima são verde ' amarelo e preto mas se as cores da pulseiras são apologia o maior e o estado pq todos os sinais de transito fazem então apologia ?

    ResponderExcluir
  23. Acho tbem qe devem punir todos quem vende e quem usa pqso puni quem usa

    ResponderExcluir
  24. as pulseiras são vendidas livre mente...e usa quem quiser,as pulseiras não tem nada haver com o uso de maconha,procura melhor saber o significado,,para depois fala blz

    ResponderExcluir
  25. vai procurar o que fazer,,e tenta descobrir o significado real depois você fala...eu uso as pulseira do reggae meu filho de cinco anos usa o que tem de mal,se fosse apologia meu filho de cinco anos tava fazendo apologia ermão...

    ResponderExcluir
  26. 👏👏Acredito sim, temos que vigiar e orar, isso e revelador continue publicando artigos teras meu apoio.

    ResponderExcluir
  27. 👏👏Acredito sim, temos que vigiar e orar, isso e revelador continue publicando artigos teras meu apoio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo apoio, e obrigado por acessar meu blog.

      Excluir
  28. Texto interessante, e que, para quem tem inteligência para interpretar, está direcionado às famílias cristãs. Somos separados das coisas deste mundo, temos nossa vida baseada nas Escrituras, e fico chateada quando vejo jovens da igreja tentando se parecer com os jovens de fora. Desde que a apostasia entrou nas congregações para se tornar "mais tolerante" aos olhos do mundo, muitas coisas que eu via na minha infância não acontecem mais entre os seguidores de Cristo. Não sou contra as pessoas e suas religiões, sou contra os "falsos cristãos" que andam com um pé na igreja e o outro no mundo e tentam contaminar o Evangelho genuíno com seus velhos costumes. Para pertencer ao Reino do Senhor, é preciso negar-se a si mesmo, não se envolver com as modas "inofensivas" que não tem embasamento bíblico. Este artigo não é, definitivamente, para os seguidores das filosofias/religiões africanas, usuários de maconha ou artistas do reggae. Aliás, o enganador é muito mais inteligente do que toda raça humana pensando junto, ele sabe ludibriar os incrédulos com maestria, quem nos dá discernimento sobre todas as coisas é o Espirito Santo, enviado pelo Senhor Jesus à todos aqueles que crêem. Faço um convite aos que se sentiram ofendidos com o texto, a fazer uma experiência com o dono absoluto da verdade, Jesus Cristo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo comentário minha irmã. Deus abençoe sua vida.

      Excluir
  29. Gospel na cara do pastor

    Que te impede de pensar

    Não deixa ouvir mais nada

    Planta preconceito e um instinto destrutivo



    Não importa o quanto pague a este homem doente


    Não ouve, Não pensa, Auto destrutivo

    ResponderExcluir
  30. Sou musico sempre gostei do stilo reegae, mas nao fasso uso de nenhum tipo de droga. Pramim e so sumo e agua... e meus paiz sempre me falarao de jesus. As cores teem outro significado, e os q usao droga nem usao pulseras com as tres cores... quando uso pulsera lenso ou chapeu com as tres cores nao fico pensando em drogas ou em fazer mal as pessoas. One love paz e amor.

    ResponderExcluir
  31. Kkkkkkkkk leiam 1 Coríntios 8, e parem de acreditar em gente que prega aquilo que acredita e nao oque esta na bíblia! Leiam, meditem e parem de procurar motivos na internet pra discriminar certos ritmos.. Reggae não tem nada do diabo, somente Jesus é onipotente, onipresente o diabo não tem autonomia pra criar nada e distorce as coisas .. Tudo que há no mundo foi Deus que criou!

    ResponderExcluir
  32. Nossa Alan eu ganhei uma Camiseta de OLODUM SEI QUEW NÃO TEM NADA A VER COM ESSA MATÉRIA.
    MAS GOSTARIA DE SABER A VISÃO DE UM SABIO COMO VOCÊ EM USAR ESSA CAMISETA.
    E NESSA MATÉRIA ACHEI UM TRECHO INTERESSANTE QUE NÓS DEVEMOS FUGIR DAS APARÊNCIAS DO MAL.
    DEUS TE ABENÇOE POR ISSO. OBRIGADA

    ResponderExcluir
  33. Cara, com esse seu texto voce se passou por preconceituoso... Essa sua frase "fazendo apologia a um falso profeta e à utilização de uma droga, a maconha." é uma baita de um pré-conceito. Só porque a pessoa gosta do estilo musical ou gosta de usar uma simples pulseira nao quer dizer que ele é maconheiro!!!
    Agora me diga, a maconha é proibida por acaso? A maconha é descriminalizada no Brasil!Outra pergunta, se Deus criou o mundo e as coisas dentro dele porque a igreja nao aceita a maconha ja que ela vem da terra, é uma semente! Antes de debater o assunto, pesquise e se informe!

    ResponderExcluir
  34. Para a sua informacao, as cores da pulseira significam:
    VERDE = terra e esperança
    AMARELO = a igreja e a paz
    VERMELHO = poder e fé

    ResponderExcluir